Piadas
cadastre-seou efetue ologin

Procurar piadas

ok


Piadas de Politicos

Diplomacia

O Ministro de Negócios Estrangeiros de uma república africana visita a Rússia numa viagem oficial. Depois de uma semana de visita o ministro russo diz:
- Espero que tenha desfrutado a estadia no nosso país, mas antes de terminar é costume que pratique o nosso jogo nacional.
- E qual é esse jogo? pergunta o africano.
- Bem, é a roleta russa, claro.
- A roleta russa? Não conheço!!
- É muito simples. O senhor apenas tem de apontar este revolver a sua cabeça e apertar o gatilho. No revolver há somente uma bala. Tem cinco possibilidades entre seis de sobreviver.
- E qual é a graça, ministro? pergunta o africano.
- A adrenalina homem, a adrenalina!!!
O ministro africano engole em seco, mas pensa para si: `
- Sou herdeiro de uma tribo de valentes guerreiros e enfrentarei esta prova. Aperta o gatilho e... clic! Não foi disparada nenhuma bala. Então, respira fundo e diz ao russo:
- Não se esqueça que dentro de três meses deverá me retribuir a visita. Três meses depois, o ministro russo passa uma semana na pequena república africana e, no último dia, o ministro africano diz:
- Espero que tenha apreciado a estadia no nosso país, mas antes de terminar a visita é costume que pratique o nosso jogo nacional.
- E qual é esse jogo?.
- É a roleta africana, claro.
- A roleta africana? Não conheço! Em que consiste?
Conduzem os dois a um aposento onde estão seis mulheres esculturais completamente nuas. O africano diz ao russo:
- A que escolher, fará sexo oral no senhor.
- Genial! Isto é magnífico, mas onde está a adrenalina?`
O africano sorri e responde:
- UMA DELAS É CANIBAL!!!



Enviado por kim





Avalie esta piada:





A- A+

Comentários:

Somente usuários cadastrados podem comentar e enviar piadas.
Cadastre-se agora, é simples e rápido, apenas email idade e senha. Clique aqui.




© PIADAS ONLINE. Todos os direitos reservados. Piadas On-line, para você se divertir!
Melhor visualizado em um computador com acesso a internet. - Fale conosco